domingo, 6 de maio de 2018

Móveis Modernos em Lojas Locais

Quando cheguei no novo apartamento, percebi que tinha que mobiliar vários ambientes: Sala, Sala de Jantar, Cozinha e Quarto casal, pois como vocês viram nos meus primeiros posts, fiz o projetos destes 3 ambientes para meu apartamento e estes  móveis ficaram lá. 

Em João Pessoa/PB, fiz uma pesquisa por móveis modernos e não muito caros, pois como estava me mudando para um apartamento alugado, não fazia sentido comprar móveis e depois talvez não pudesse levar para minha casa do futuro. 

Encontrei muita coisa legal e vou compartilhar com vocês as lojas que mais me surpreenderam. Além de móveis, encontrei lojas de tecidos, para forrar o sofá ou poltrona e deixar ele com cara nova, ou até quem sabe, colocar na parede, fazer almofadas e tapetes.

MÓVEIS

Retroline (@retrolinemoveis) - Móveis retrô - Mesas, centros, hack e aparador.
 
RetroLine

 
Criativa (@criativamprojetados) - Móveis em MDF: Prateleiras, estantes, escrivaninhas. 

Criativa Móveis Projetados

Movelaria Nossa Senhora Aparecida (R. Barão do Triunfo) - Guarda-roupa, estante, mesas, armários.



P&B Decorações (@pebdecoracoes) - Almofadas, Sofás, Poltronas e Sofá-Cama.

P&B Decorações

TECIDOS

Casas Braga  (R. da República,774)









Tecidos para papel de parede, pois são impermeáveis.







Tecidos para Poltronas e Sofás







Tecidos para poltronas e puffs.


















Tecidos para tapetes, que podem ser costurados junto com uma tela antiaderente.





Fazendo mudança com dicas minimalistas

Não foi assim minha mudança!

Antes de fazer minha mudança, recebi de presente de uma amiga o livro: A mágica da arrumação de Marie Kondo (KonMari). Nele aprendi muitas técnicas de arrumação que mudaram a minha vida e a minha casa. 

Dentre todas as dicas de arrumação que aprendi, o ambiente que realmente percebi que mudou e que se mantém arrumado, mesmo depois de 3 meses, são os quartos, mais precisamente os guarda-roupas da família. Sim, família, pois adotei a mesma técnica no guarda-roupa das crianças e no do meu esposo. Até mesmo meu filho de 6 anos aprendeu a arrumar suas gavetas e valoriza isso.

Aproveitei o período de mudança para fazer a triagem de várias coisas que a minha família possuía: descarte, doação e guardar.

A dica do livro para descarte é fazer a seguinte pergunta: Isto me deixa feliz?

O mais incrível de tudo é que percebi que o livro me trouxe uma sensação de organização em outras áreas da minha vida, como no trabalho.

No vídeo abaixo, é apresentado um resumo do método KonMari:

sábado, 5 de maio de 2018

Alugando meu primeiro imóvel









Após a mudança comecei meu primeiro desafio em 2018, colocar meu apartamento para alugar. 

Nesse momento, fiquei com muita dúvida sobre qual a melhor maneira de alugar, eu tinha 2 opções:
  1. Anunciar e administrar através de uma imobiliária?
  2. Anunciar e administrar por conta própria?
Ao  conversar com amigos e pessoas da família, a principal resposta era para seguir a opção 1, pois parecia ser a mais segura, principalmente por ser a minha primeira experiência com aluguel. 

Como funciona a administração por imobiliária?

Isto pode variar em cada imobiliária, mas nas que entrei em contato aqui em João Pessoa-PB, o que me informaram foi o seguinte:

Anúncio: eles anunciam nos principais sites (olx, vivareal e zapimoveis) e também na página local da imobiliária. Eles ficam responsáveis por visitar o imóvel com os interessados, por fazer uma avaliação do valor do imóvel com base no mercado e também por fazer o contrato de locação junto com a vistoria. Por este serviço de contrato é cobrado 50% do valor do primeiro aluguel.

Administração de Imóvel: eles cobram um valor de 10% sobre o valor de cada prestação de aluguel definida no contrato. Se responsabilizam pelo pagamento do condomínio, caso o inquilino não pague. Mas, não se responsabilizam pelo pagamento do aluguel. Neste caso, tem imobiliárias que possuem um serviço advocatício, onde o proprietário teria que arcar com os honorários do advogado, caso entrasse com uma ação na justiça.

Minha experiência:

Entrei em contato com 2 imobiliárias da cidade e deixei o imóvel anunciado por elas durante 15 dias. Na primeira semana perguntei se havia algum interessado, disseram que não. Na segunda semana, disseram que 1 casal tinha visitado, que iria fazer uma proposta, mas que ainda não tinha retorno.

Nessa segunda semana, tomei uma decisão, iria anunciar por conta própria no Olx, mas deixei que as imobiliárias anunciassem em paralelo. O que percebi é que meu telefone não parou de tocar nos primeiros 2 dias. Fiz visitas com 3 casais em 2 dias. Sendo que 1 deles já pediu para fechar negócio no terceiro dia em que estava com o anúncio aberto.

Resumindo, em apenas 2 dias consegui meu futuro inquilino, consegui conversar com o casal, sentir os sonhos deles, valorizaram o imóvel e falaram de suas motivações em morar no meu apartamento. Este contato inicial, eu nunca teria tido se deixasse nas mãos da imobiliária.

Apesar de ter conseguido o casal que tinha achado ideal para meu apartamento, ainda assim fiquei tentada em seguir com a opção 1, de que a imobiliária pudesse administrar a locação, com esperança de diminuir alguns riscos que já tinham me falado.

Ao entregar toda a documentação do imóvel, meu inquilino tinha feito uma proposta de pagar 6 meses de aluguel adiantado e ter um desconto de 10% no montante. Fui bem satisfeita para imobiliária, ver com eles como faria o contrato para atender a este requisito, mas tive uma surpresa. Eles disseram que para eles, o valor do contrato não iria considerar o meu desconto concedido pelos 6 meses, neste caso, a imobiliária ficaria com 10% do valor da mensalidade (independente do meu desconto). Não achei justo isto, já que o principal motivo de administrar pela imobiliária seria para minimizar a chance de atrasar o aluguel, mas isso não iria ocorrer, devido a antecipação. O que você acha?

Exemplo: 
Se o aluguel fosse de R$ 1000,00 e eu concedesse 10% pelo adiantamento dos 6 meses o novo valor seria 6x R$ 900 reais. Mas, a imobiliária iria querer receber 6x  R$ 100 e não 6x R$ 90. Ou seja, 10% do valor do aluguel no contrato.

Resultado:
Considerando este fato, decidi fazer o aluguel por conta própria, ou seja, decidi ir na opção 2. Já que não tive nenhum sucesso em conseguir um inquilino pela imobiliária e nem vi vantagens reais em manter a administração com eles.

Etapas para alugar:
  1. Negociação de valores: Confirmar todos os valores de aluguel, condomínio e taxas, para não ter surpresas durante a escrita do contrato e correr o risco do inquilino desistir.
  2. Comprovação de renda do inquilino: foi solicitado comprovante de renda do casal e também todos os documentos como RG, CPF, Residência, etc. Este comprovante de renda tem que possuir valor igual ou superior a 3x o valor do aluguel.
  3. Fiador: foi solicitado um fiador para o aluguel, que irá se responsabilizar pelo pagamento dos alugueis em atraso ou por qualquer dano no imóvel que não seja reparado pelo inquilino. O fiador precisa ter a renda igual ou superior a 3x o valor do aluguel.
  4. Ajustes no imóvel: Fiz algumas melhorias no imóvel, para minimizar o risco de ter surpresas quando o inquilino estiver morando no imóvel. Ex.: troquei corrediças emperradas ou enferrujadas dos móveis projetados e troquei lâmpadas.
  5. Contrato: Apresentei uma minuta do contrato por e-mail para o inquilino antes do dia de assinar, para não correr o risco de ele desistir ou ter que imprimir uma nova via e atrasar o processo de locação. O contrato foi assinado e reconhecido firma em cartório tanto do locador, quanto do fiador e também do locatário.
  6. Vistoria: No dia da assinatura do contrato, junto com os inquilinos foi feita uma descrição completa de cada cômodo do imóvel, além de fotos. Com esta vistoria vou poder exigir que o imóvel seja entregue nas mesmas condições ao final do contrato de locação.
Obs.: Desde o dia que o inquilino disse que iria querer ficar com o imóvel até o dia da assinatura do contrato foram exatamente 15 dias corridos.


Compensado Naval x MDF Ultra

Quando se está fazendo um projeto de móveis para uma casa, muitos materiais aparecem no projeto e cada um tem um custo diferente. Como saber se vale ou não a pena gastar um pouco mais e trocar um material por outro? Vai depender da necessidade, do tempo em que se pretende ficar com o projeto no imóvel, depende dos cuidados que os moradores terão com os móveis, no caso de ser um imóvel alugado.

A novidade agora são o Compensado Naval e o MDF Ultra. Eles estão sendo indicados para móveis que têm grande chance de serem molhadas em uma casa, como: cozinha, banheiros e áreas de serviço.

Fiz uma pesquisa rápida e descobri o seguinte:
Compensado Naval: "O compensado naval é recomendado por receber uma camada de imunização contra cupins e fungos e por ter grande resistência a água."  A vantagem é que tem baixo custo, é leve e aceita vários tipos de acabamento. Fonte: For Mobile

 


MDF Ultra ou Super MDF: "é o MDF hidrorrepelente, ou seja, em sua fabricação recebe uma camada de ácido acético que repele e não absorve a água." A vantagem é que recebem bem a pintura "laca", pois o painel é bem uniforme. Fonte: For Mobile

De acordo com a ForMobile, a principal desvantagem do Compensado Naval é que ele pode apresentar falhas na sua fabricação. Com relação ao MDF Ultra, a desvantagem é que ele tem alto custo, é pesado e tem pouca variedade no mercado.

Na LeoMadeiras, os preços das duas placas são:
  • Compensado Naval cru: R$ 168,00 na placa de 2200X1600X15mm
  • MDF Ultra Branco Ártico: R$ 304,00 na placa 2750X1840X15mm
Projeto com Compensado Naval:

Fonte: ImovelWeb

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Como criar seu próprio móvel em MDF?

Em uma conversa com minha irmã, nestas férias de janeiro, ela me passou muitas informações sobre marcenaria em móveis MDF/MDF Ultra/MDP/Compensado Naval/Madeira Pinus. Estou querendo fazer esta estante abaixo. Pois, nas lojas só encontro de MDP e com espessura da madeira de 15mm. Como preciso de uma estante para colocar livros, então é importante que a estante aguente peso, logo pensei em fazer com MDF e 25 mm.

Descobri que existe lojas que vendem uma placa de compensado com diferentes tamanhos, de acordo com a necessidade de cada um. O que eu não sabia é que estas lojas fazem o serviço de corte desta placa, além disso coloca a fita de acordo com a cor da madeira comprada.

Um exemplo de loja que faz este serviço é a Leo Madeiras, que tem várias unidades em todo Brasil.

Placa de MDF branco de 15 mm na LeoMadeiras.



Outra dica muito interessante é que existe um site na internet que calcula a quantidade de cortes em uma placa. Assim, é possível saber quantas placas será necessário para fazer uma estante ou um guarda-roupa ou uma escrivaninha. Para ter acesso ao plano de corte, tem que realizar um cadastro: http://www.placacentro.com/bra/servicos/otimizador.html

Primeiro informa o tamanho da Placa de MDF, a espessura, largura e altura. Em seguida, informa as medidas de cada prateleira da estante, assim como as medidas das madeiras laterais. No final, são várias peças retangulares. Veja abaixo:


Informa o tamanho da placa MDF e todas as partes da estante.
 Quando clicar no botão "Salvar", o sistema irá informar a quantidade de placas necessárias ou vai informar a quantidade de madeira que sobrou. Basta usar a criatividade e usar o que sobrou em outros móveis, como uma prateleira, um porta copos ou um porta retrato.

Sistema exibe uma imagem com o corte realizado na placa.
Para finalizar a estante, vou comprar parafusos de 8 mm para juntar as peças externas. Existe várias formas de juntar as prateleiras, uma muito utilizada e simples são os "L" de ferro, que se chama "Suporte cadeirinha".

Outra informação importante é que a loja cobra um valor fixo por cada corte e também cobra o valor do metro linear da fita da madeira.



terça-feira, 29 de agosto de 2017

Móveis Projetados de Papelão

Como assim? Um móvel feito de papelão? Isso mesmo, que tal fazer uma sapateira ou uma estante de brinquedos para o quarto das crianças feita de papelão? Veja o vídeo abaixo que ensina o passo a passo, eu achei incrível, já estou imaginando meu novo projeto. O que você achou?


segunda-feira, 13 de março de 2017

Como saber o valor do imóvel que vou conseguir financiar?

Uma dúvida frequente, que uma pessoa que está querendo adquirir seu imóvel pela primeira vez, é saber qual o valor do imóvel que ela vai conseguir financiar.

A conta é bem simples, basta saber qual a renda bruta da família (se casados verificar a renda do casal) e verificar quanto é 30% deste valor.
Por exemplo:
Renda Familiar Bruta = R$ 5.500,00
P = 5.500 * 0,3 = 1.650
Assim, com esta conta acima o valor de "P" é o valor da Parcela máxima que o banco vai aceitar financiar, ou seja, no máximo 30% da renda familiar bruta, logo R$ 1.650,00.

Com este valor da parcela em mãos, o próximo passo é encontrar o simulador de algum banco e verificar o valor máximo financiado, de acordo com o número de parcelas.

Com o exemplo acima, ao utilizar o simulador da Caixa Econômica Federal podemos ver que o financiamento ficou da seguinte forma, no tipo de financiamento SAC:
Para uma renda familiar bruta de R$ 5.500,00. Com um prazo igual a 360 meses (30 anos) o valor do imóvel poderia ser de R$ 165.000,00 com financiamento para conseguir financiar 90% deste valor, ou seja, seria aproximadamente R$ 148.500,00 (o saldo devedor). Neste cenário o valor que a pessoa teria que juntar para dar de entrada seria R$ 16.500,00 e teria parcelas mensais de R$ 1.476,00 (aproximadamente). 
Observação: Simulação realizada no site da CAIXA, no dia 13/03/2017 com taxa de Juros Efetiva Anual + TR de 8,4722 % para imóvel residencial novo, no modelo SAC, no plano de Minha Casa Minha Vida.


Simulação de Financiamento na CAIXA com valor do imóvel igual a R$ 165.000,00

Outro exemplo, se neste mesmo cenário a pessoa desejar comprar um imóvel de R$ 150.000,00 através do Programa Minha Casa Minha Vida?
A pessoa vai precisar de um valor de entrada menor, ou seja, R$ 15.000,00 para conseguir um financiamento de 90% do valor do imóvel. Neste caso, a parcela irá diminuir para aproximadamente R$ 1.350,00, se manter o mesmo prazo de 360 meses.
Uma dica seria diminuir bastante o prazo e aumentar um pouco o valor da parcela. Ou seja, se alterar o prazo para 240 meses a parcela ficaria aproximadamente R$ 1.530,00 e entrada de R$ 15.000,00. Desta forma, a pessoa irá pagar menos juros ao final do financiamento.
Observação: Simulação realizada no site da CAIXA, no dia 13/03/2017 com taxa de Juros Efetiva Anual + TR de 8,4722 % para imóvel residencial novo, no modelo SAC, no plano de Minha Casa Minha Vida.

Para ficar ainda mais claro, se neste cenário acima a pessoa desejar comprar um imóvel de R$ 200.000,00?
A pessoa terá que conseguir um valor mais alto de entrada, ou seja, R$ 63.186,00 por 2 motivos: o primeiro, porque o programa Minha Casa Minha Vida não se aplica para imóvel com este valor e o segundo, é que a taxa de juros é maior.
Com isso, o banco não vai conseguir financiar os 90%, mas apenas 80%, pois como o valor da imóvel aumentou, mas a renda familiar ficou a mesma (R$ 5.500) e a taxa de juros está maior, então para o prazo de 360 meses só vai permitir um valor financiado de R$ 136.813,00 (aproximadamente) e a parcela será de R$ 1.639,00 (aproximadamente).
Observação: Simulação realizada no site da CAIXA, no dia 13/03/2017 com taxa de Juros Efetiva Anual + TR de 10,999 % para imóvel residencial novo, no modelo SAC.

Simulação de Financiamento na CAIXA com valor do imóvel igual a R$ 165.000,00

Claro que o simulador, só vai dar uma noção do valor do imóvel que dá para financiar, pois somente indo ao Banco e levando os comprovantes de renda é que se poderá ter certeza do valor da carta de crédito que cada pessoa vai conseguir.

Com o simulador você vai descobrir os seguintes dados:
  • Valor de Entrada: valor à vista que o comprador precisa dar de entrada para o dono do imóvel.
  • Valor da Parcela: a parcela só poderá ser o valor máximo de 30% da renda familiar bruta.
  • Valor do Imóvel: valor do imóvel avaliado pelo Banco. Obs.: nem sempre o valor pedido pelo comprador é o valor que o banco avalia.
  • Valor do Financiamento: diferença entre o valor do imóvel, avaliado pelo banco e o valor de entrada paga pelo comprador.
  • Valor da Taxa de Juros Anual: a taxa de juros será sempre aplicada sobre o saldo devedor, ou seja, o valor do financiamento.
  • Prazo: tempo em meses para pagar o financiamento, ou seja, o número de parcelas.
  • Tipo de Financiamento (SAC ou PRICE): geralmente os bancos oferecem 2 tipos de financiamento, SAC e PRICE, cada um define a forma como os juros será aplicado.
Após simular um financiamento, o próximo passo é juntar o valor de entrada, mas se você já possuir a entrada, é só partir para pesquisar por imóveis na sua cidade. Boa Sorte!!


terça-feira, 30 de agosto de 2016

Organização é essencial

Morar em apartamento requer uma mudança no estilo de vida para algumas pessoas, para que sejam mais organizadas. Pois, ser organizado não é um dom, mas pode ser aprendido com algumas dicas. 

Encontrei um canal no youtube que tem várias dicas excelentes para organizar melhor a nossa casa. Tem vários canais relacionados ao assunto, basta ir navegando.


sábado, 27 de julho de 2013

Algumas soluções para apartamentos pequenos

Hoje em dia, a tendência é as residências diminuírem de tamanho com relação à casa dos nossos pais. Com isso, não faltam ideias para solucionar esta "falta de espaço" e para adaptar a vida a esta nova realidade.

Pensando nisso, selecionei um vídeo muito interessante com soluções bem legais que foram adotadas em um apartamento de 36 m². 


 
Fonte: TV Casa - www.casa.com.br

quarta-feira, 20 de março de 2013

Como saber se meu apartamento será ventilado?

Na hora de comprar um apartamento na planta, vem a dúvida sobre a ventilação do apartamento. Pois, diferente de um prédio já pronto, onde você poderá entrar e sentir o vento, o apartamento na planta, não dá para ter muita ideia.

Pensando nisso, antes de comprar meu apartamento pesquisei na internet por algum site que possuísse estes dados sobre os ventos da cidade. Na hora de comprar, não acreditem em papo de vendedor.

Encontrei o site WindFinder, que apresenta  a posição do vento no Brasil todo.


De acordo com o WindFinder, a cidade de João Pessoa possui o vento com predominância anual na faixa entre Leste-Sul. Por isso, os apartamentos Nascente-Sul nesta cidade são considerados mais valorizados. Veja a imagem abaixo.



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Andamento da obra do apartamento


Hoje fiz uma visita breve na obra do apartamento que vou morar. Fiquei bem feliz com o que eu vi. A área de lazer já está bem avançada, a piscina já estava até com água (veja na foto).. mas será que era água de chuva? hehehe
 

O prazo de entrega continua para 30 de março de 2012 e em breve eles irão chamar os moradores para fazer a vistoria interna dos apartamentos.


Só não gostei de não permitirem que eu visite o meu apartamento, o problema maior é que eles não estão permitindo que o pessoal das lojas de móveis planejado visite o apartamento para tirar as medidas e verem onde estão os pontos de energia.


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Manfroi - Projeto 100% MDF

A primeira vez que fui na Manfroi, não me impressionei muito com a loja, pois ela é pequena e possui apenas 3 ambientes com Show Room. Além disso, usa muito a madeira branca e o pior elas estavam manchadas com o uso. Isto foi o que me desmotivou colocar branco no meu projeto.

No entanto, gostei das cores das madeiras e já tinha selecionado quais madeiras ficariam no projeto. Quando fiz a segunda visita para receber o orçamento, pude visualizar o projeto com as madeiras escolhidas. Não me agradei logo de cara, mas depois fui me acostumando. O que não gostei foi da demora desta loja em me passar o orçamento, tive que ligar e mandar e-mail para ver se eles faziam o orçamento, a resposta que tive é que eles estavam ocupados com outros projetos.

As cores de madeiras em MDF que escolhi foram: Cerezo Athenas, Rovere Sbiancato e Noce Mare.

Cerezo Athenas

Rovere Sbiancato

Noce Mare

No meu projeto, estas madeiras ficariam na cozinha e área de serviço o Noce Mare. Na sala e mesa de jantar ficaram o Rovere Sbiancato e o Noce Mare. No quarto o Cerezo Athenas nas portas e o Noce Mare na caixaria. Abaixo estão alguns projetos com estas madeiras.

Área de Serviço com Cerezo Athenas.

Cozinha com Rovere Sbiancato (parte cinza).

Home com Noce Mare.


O diferencial desta loja é que eles trabalham com ferragens da Blum, que são muito boas. Além disso, a garantia para elas é de 1 ano. A garantia para a madeira é de 5 anos. Lá tem muitos acessórios legais para  cozinha e quarto, mas não foram incluídos no meu projeto. 
 
O orçamento desta loja me surpreendeu, pois ela é  bem conceituada e teve um dos menores valores dentre os pesquisado. O valor sem desconto ficou em R$ 43,5 Mil, no entanto eles me deram um ótimo desconto à vista, que ficou em apenas R$ 23,5 Mil. Este orçamento me deixou bem tentada a fazer os móveis com eles. Vou ver se dá para fazer algum ambiente com eles.

Apesar do orçamento ter sido muito bom, o problema da Manfroi é que é muito limitada no projeto, por exemplo, não será possível colocar a porta de espelho no guarda-roupa na peça de canto, a mesa de jantar não poderá ter o vidro no meio, além disso a madeira que eles têm para a mesa é de 90 cm e eu só preciso de 80 cm, logo foi incluído madeira a mais que não será usada. O armário da cozinha precisa ter 40 cm para aproveitar o espaço, mas eles só tem de 36 cm, o que impede de colocar o gelagua.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Cita Planejados - Projeto com MDF na Cidade

Ao fazer uma pesquisa nas lojas de móveis projetados recebi uma proposta de fazer um projeto bem mais barato que o da Bentec, pois o material seria produzido aqui na cidade e com a mesma qualidade da Bentec. Fiquei curiosa para saber em quanto ficaria um projeto na cidade. Este projeto seria realizado pela Rocha Compensados, que trabalha com marcas de madeira muito boas no mercado, como Duratex, Berneck, Arauco, etc.

A primeira coisa que me surpreendeu foi as cores das madeiras. Escolhi cinco cores, diferentemente das outras lojas, que apenas três. As cores foram: Nogal Palermo, Noce Macchiato, Palissandro Artico, Nogal Turin e Teka Barcelona.
Nogal Palermo

Noce Macchiato (Na amostra não tinhas estes veio)

Palissandro Ártico

Nogal Turin

Teka Barcelona
No meu projeto estas madeiras ficariam da seguinte forma: O Teka Barcelona no quarto casal junto com o Palissandro Ártico. A cozinha e área de serviço ficaria toda com o Palissandro Ártico. A sala com mesa de jantar ficaria com o Nogal Turin e Palissandro Ártico. O Nogal Palermo e o Noce Macchiato ainda estou indecisa se usaria e onde usaria.
Nogal Palermo no Painel
Noce Macchiato no Painel

Palissandro Ártico

Nogal Turin
 
Taka Barcelona
O orçamento para 100% MDF e todo madeirado ficou em R$ 23 Mil parcelado e com desconto à vista ficaria em R$ 20 Mil. Apesar deste orçamento ser muito tentador, fico na dúvida pois não vi nenhum Show Room deste trabalho, além disso tem a questão das ferragens, pois não pude identificar a qualidade.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Emel - Loja alternativa do grupo Vivento

Quando eu estava fazendo o orçamento na Euroline, o atendente me deu outra alternativa de projeto, o qual sairia bem mais barato que o da Euroline. A proposta dele era fazer o projeto com a madeira da fábrica Emel. O custo desta madeira sairia bem mais barato, já que a empresa é do nordeste e fica próximo a minha cidade, enquanto a fábrica da Euroline fica no Sul do país.

A  vantagem desta empresa é que eles trabalham com o plano de corte livre, ou seja, é possível escolher o tamanho da madeira que quiser, assim dá para adaptar bem ao ambiente sem perdas. De acordo com o atendente, a diferença no acabemento entre a Euroline e a Emel é que, por exemplo, um divisor de gravatas de gaveta na Euroline é em acrílico enquanto na Emel seria em madeira.

As cores das madeiras da Emel não são tão bonitas quanto as da Euroline, mas estão bem melhores que as das outras lojas. Na Emel escolhi as seguintes madeiras: Cerezo Crema, Roble Bianco, Teca Indiana e Açaí Wood.
Cerezo Crema


Roble Bianco

Teca Indiana
Açaí Wood

O projeto ficaria com o Teca Indiana e o Roble Bianco na Sala e Mesa de Jantar. A Cozinha seria com o Roble Bianco. O quarto casal ficaria com o Cerezo Crema e o Roble Bianco. O Açaí Wood com o Roble Bianco pode ser uma opção para a sala, pois ficaria bem parecido com o projeto inicial.


Cores com variação. O Roble Bianco é mais claro e o Açaí Wood puxa para vinho.
Ideia do Hack da Sala

O Orçamento da Emel foi o menor até o momento. Tudo ficou em apenas R$ 21 Mil à vista. As portas e prateleiras com 18 mm, tampos de mesa com 25mm e 8 anos de garantia na madeira. Talvez, eu faça a sala e mesa de jantar na Euroline e a cozinha e o quarto na Emel. Ainda vou aguardar os outros orçamentos e cores de outras lojas.