segunda-feira, 13 de março de 2017

Como saber o valor do imóvel que vou conseguir financiar?

Uma dúvida frequente, que uma pessoa que está querendo adquirir seu imóvel pela primeira vez, é saber qual o valor do imóvel que ela vai conseguir financiar.

A conta é bem simples, basta saber qual a renda bruta da família (se casados verificar a renda do casal) e verificar quanto é 30% deste valor.
Por exemplo:
Renda Familiar Bruta = R$ 5.500,00
P = 5.500 * 0,3 = 1.650
Assim, com esta conta acima o valor de "P" é o valor da Parcela máxima que o banco vai aceitar financiar, ou seja, no máximo 30% da renda familiar bruta, logo R$ 1.650,00.

Com este valor da parcela em mãos, o próximo passo é encontrar o simulador de algum banco e verificar o valor máximo financiado, de acordo com o número de parcelas.

Com o exemplo acima, ao utilizar o simulador da Caixa Econômica Federal podemos ver que o financiamento ficou da seguinte forma, no tipo de financiamento SAC:
Para uma renda familiar bruta de R$ 5.500,00. Com um prazo igual a 360 meses (30 anos) o valor do imóvel poderia ser de R$ 165.000,00 com financiamento para conseguir financiar 90% deste valor, ou seja, seria aproximadamente R$ 148.500,00 (o saldo devedor). Neste cenário o valor que a pessoa teria que juntar para dar de entrada seria R$ 16.500,00 e teria parcelas mensais de R$ 1.476,00 (aproximadamente). 
Observação: Simulação realizada no site da CAIXA, no dia 13/03/2017 com taxa de Juros Efetiva Anual + TR de 8,4722 % para imóvel residencial novo, no modelo SAC, no plano de Minha Casa Minha Vida.


Simulação de Financiamento na CAIXA com valor do imóvel igual a R$ 165.000,00

Outro exemplo, se neste mesmo cenário a pessoa desejar comprar um imóvel de R$ 150.000,00 através do Programa Minha Casa Minha Vida?
A pessoa vai precisar de um valor de entrada menor, ou seja, R$ 15.000,00 para conseguir um financiamento de 90% do valor do imóvel. Neste caso, a parcela irá diminuir para aproximadamente R$ 1.350,00, se manter o mesmo prazo de 360 meses.
Uma dica seria diminuir bastante o prazo e aumentar um pouco o valor da parcela. Ou seja, se alterar o prazo para 240 meses a parcela ficaria aproximadamente R$ 1.530,00 e entrada de R$ 15.000,00. Desta forma, a pessoa irá pagar menos juros ao final do financiamento.
Observação: Simulação realizada no site da CAIXA, no dia 13/03/2017 com taxa de Juros Efetiva Anual + TR de 8,4722 % para imóvel residencial novo, no modelo SAC, no plano de Minha Casa Minha Vida.

Para ficar ainda mais claro, se neste cenário acima a pessoa desejar comprar um imóvel de R$ 200.000,00?
A pessoa terá que conseguir um valor mais alto de entrada, ou seja, R$ 63.186,00 por 2 motivos: o primeiro, porque o programa Minha Casa Minha Vida não se aplica para imóvel com este valor e o segundo, é que a taxa de juros é maior.
Com isso, o banco não vai conseguir financiar os 90%, mas apenas 80%, pois como o valor da imóvel aumentou, mas a renda familiar ficou a mesma (R$ 5.500) e a taxa de juros está maior, então para o prazo de 360 meses só vai permitir um valor financiado de R$ 136.813,00 (aproximadamente) e a parcela será de R$ 1.639,00 (aproximadamente).
Observação: Simulação realizada no site da CAIXA, no dia 13/03/2017 com taxa de Juros Efetiva Anual + TR de 10,999 % para imóvel residencial novo, no modelo SAC.

Simulação de Financiamento na CAIXA com valor do imóvel igual a R$ 165.000,00

Claro que o simulador, só vai dar uma noção do valor do imóvel que dá para financiar, pois somente indo ao Banco e levando os comprovantes de renda é que se poderá ter certeza do valor da carta de crédito que cada pessoa vai conseguir.

Com o simulador você vai descobrir os seguintes dados:
  • Valor de Entrada: valor à vista que o comprador precisa dar de entrada para o dono do imóvel.
  • Valor da Parcela: a parcela só poderá ser o valor máximo de 30% da renda familiar bruta.
  • Valor do Imóvel: valor do imóvel avaliado pelo Banco. Obs.: nem sempre o valor pedido pelo comprador é o valor que o banco avalia.
  • Valor do Financiamento: diferença entre o valor do imóvel, avaliado pelo banco e o valor de entrada paga pelo comprador.
  • Valor da Taxa de Juros Anual: a taxa de juros será sempre aplicada sobre o saldo devedor, ou seja, o valor do financiamento.
  • Prazo: tempo em meses para pagar o financiamento, ou seja, o número de parcelas.
  • Tipo de Financiamento (SAC ou PRICE): geralmente os bancos oferecem 2 tipos de financiamento, SAC e PRICE, cada um define a forma como os juros será aplicado.
Após simular um financiamento, o próximo passo é juntar o valor de entrada, mas se você já possuir a entrada, é só partir para pesquisar por imóveis na sua cidade. Boa Sorte!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário